Trophy Arki1, Google Cloud Authorized Training Partner of the year 2019 in Latin America

Getting Started with Google Kubernetes Engine

Esse treinamento de um dia, ministrada por instrutor, prepara os alunos para contêineres de cargas de trabalho em contêineres do Docker, implantá-las nos clusters Kubernetes fornecidos pelo Google Kubernetes Engine e dimensionar essas cargas de trabalho para lidar com o aumento do tráfego. Os alunos também aprendem como implementar Continuous Delivery de novos códigos em um cluster Kubernetes para realizar atualizações de aplicativos.

Público-Alvo

Esta aula destina-se ao seguinte público:
  • Desenvolvedores de Aplicações, Arquitetos de Solução em Nuvem, DevOps, gerentes de TI.
  • Pessoas usando Google Cloud Platform para criar novas soluções ou para integrar com sistemas existentes, ambientes de aplicação e infraestrutura no Google Cloud Platform.

Pré-Requisitos

Conhecimento da linha de comando do Linux, servidores da Web e editores de texto.

Duração

8 horas

Investimento

Consulte o valor atualizado e datas das próximas turmas abertas em nossa página de inscrições.
Caso tenha interesse em uma turma fechada para sua empresa, entre em contato conosco.

Resumo do curso

O curso inclui apresentações e laboratórios práticos.
  • Criando um container.
  • Empacotando um container usando Docker.
  • Armazenando a imagem de um container no Google Container Registry.
  • Suba um container Docker.
  • Provisione um cluster Kubernetes completo usando Kubernetes Engine.
  • Deploy e gerenciamento de containers Docker usando kubectl.
  • Estruture uma aplicação em microservices usando Kubernetes’ Deployments and Services.
  • Crie um Kubernetes deployment.
  • Trigger, pause, resume e rollback updates.
  • Entenda e construa canary deployments.
  • Provision Spinnaker or Jenkins in your Kubernetes cluster.
  • Manage application code in a source repository that can trigger code changes to a continuous delivery pipeline.
  • Create a continuous delivery pipeline and start it manually or automatically with a code change.
  • Implement a canary deployment that hosts two versions of your application in production for release testing.